http://www.cic.unb.br/~rezende/sd.php > Confiança : nas Instituições

O Complô

Hermes Zaneti*, com participação do
Prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende, do
Departamento de Ciência da Computação da UnB
19 de novembro de 2017




LIVRO: "O Complô" examina a questão das origens da dívida pública brasileira, sua procedência, e o status legal dos instrumentos pelos quais ela foi se multiplicando. Escrito por Hermes Zaneti, membro da Assembléia Nacional Constituinte onde representou seu estado, lançado no Dia da Bandeira na terra natal do autor, essa obra oferece uma extraordinária contribuição para o registro histórico dos percalços que envolveram a regulamentação do sistema financeiro brasileiro na Constituição de 1988, e seus desdobramentos.

A narrativa é dividida em três atos, onde no terceiro ato Zaneti descreve o que chamou de "A mãe de todas as fraudes constitucionais", como também a maneira em que foi praticada e suas consequencias ao longo do tempo, referindo-se ao contrabando do dispositivo que retira do controle legislativo o comprometimento endividatório do Estado brasileiro e deixando-o na mão de burocratas não eleitos (atual Art. 166°, § 3°, II, alínea b da Constituição Federal).

Neste terceiro ato a narrativa de Zaneti reconstitui, entre as páginas 161 e 188, fatos investigados por este editor, em parceria com o saudoso professor Adriano Benayon, registrados numa pesquisa que durou mais de ano e foi relatada no Dossiê "Anatomia de uma fraude à Constituição" (publicado em 2006). Repassada em algumas entrevistas, das quais a última antes deste lançamento para a revista "Caros Amigos" (2015), a descoberta e denúncia dessa fraude que ameaça nossa República ganha ali ares de suspense policial.


Outros eventos de mídia após lançamento d'O Complô

Vídeo da apresentação (original no youtube)
________________________
Vídeo da entrevista (original no youtube)

________________________




Autor e Editor

* Hermes Zaneti é Professor e advogado, formado em ciências Jurídicas e Sociais pela PUC/RS e Mestre em Ciência Política pela UnB. Foi Presidente do CPERS (Centro de Professores do Estado do Rio Grande do Sul), Presidente da CPB (Confederação de Professores do Brasil) e Diretor da CMOPE (Confederação Mundial das Organizações dos Profissionais do Ensino) com sede em Morges, Suiça. Foi Primeiro Suplente de Senador pelo Rio Grande do Sul (do titular Senador Pedro Simon), Deputado Federal por dois mandatos, Deputado Federal Constituinte em 1988. É autor do Artigo 26 do ADCT que prevê auditoria da dívida, e do direito de voto para os jovens entre os 16 e os 18 anos. É e organizador do livro "Democracia a Grande Revolução", e autor dos livros "Juventude e Revolução" e do agora lançado "O COMPLÔ", sobre como o sistema financeiro e seus agentes políticos sequestraram a economia brasileira.

Pedro Antônio Dourado de Rezende é matemático, professor de Ciência da Computação na Universidade de Brasília (UnB), Coordenador do Programa de Extensão em Criptografia e Segurança Computacional da UnB, membro do conselho consultivo do Instituto Brasileiro de Direito e Política de Informática, ex-representante da sociedade civil no Comitê Gestor da Infra-estrutura de Chaves Públicas brasileira (ICP-BR). www.cic.unb.br/~rezende/sd.php

Direitos autorais:

Os autores publicam esta obra sob licença Creative Commons (CC BY-NC-ND-2.5): Livre para republicações com Atribuição, uso Não Comercial e Não Derivável. Outras republicações requerem autorização expressa. Texto da licença em: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/deed.pt