http://www.cic.unb.br/~rezende/sd.php > e-urna : entrevistas

A mais curta Entrevista

Entrevista a Bruna Borges
Para matéria no UOL


Prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende
Departamento de Ciência da Computação
Universidade de Brasília
abril de 2015

 


Bruna Borges: 1- Queria voltar a falar de segurança das urnas eletrônicas com o senhor. Gostaria de saber a opinião do senhor a respeito da nova resolução do TSE sobre testes de segurança das urnas eletrônicas. Posso mandar umas perguntas?

Pedro Rezende: Não há necessidade de me entrevistar sobre esse assunto pois tudo o que tenho a dizer a respeito cabe em uma frase, com a qual respondi também na lista de discussão da Comunidade de Segurança da Informação e Comunicações, do Centro de Defesa Cibernética: "Se não tirarem dessa Resolução o art. 18, que está nas resoluções sobre o tema -- à exceção de 2012 -- desde 2001, continua sendo tudo apenas uma piada de mau gosto."

Para o UOL acrescento: "Fiscalizado que impõe mordaça em fiscalizador do sistema de votação só pode estar querendo trabalho high-tech escravo."

Esperando não despontá-los nesta ocasião, sugiro a quem quiser opiniões sobre como tais fiscalizações deveriam ser, que procurem o Márcio Teixeira, o mais capacitado -- junto com o prof. Diego Aranha -- para esse tipo de opinião dentre os membros do CMind (o Márcio inclusive já participou do projeto de urna eletrônica da IBM para concorrer no TSE nos anos 90).

Adendo (1/5/2015): Todas as propostas de revisão apresentadas pelo CMInd e demais entidades externas, inclusive a de retirada do famigerado art. 18, foram rejeitadas pelo plenário do TSE na votação da referida resolução, em 30/04/2015. E todas as sugestões apresentadas pela STI, órgão interno do TSE que responde pelo processo de votação informatizada, foram aceitas, corroborando a resposta acima.
 

Autor

Pedro Antonio Dourado de Rezende é professor concursado no Departamento de Ciência da Com­putação da Universidade de Brasília. Advanced to Candidacy a PhD pela Universidade da Cali­fornia em Berkeley. Membro do Conselho do Ins­tituto Brasileiro de Política e Direito de In­formática, ex-membro do Conselho da Fundação Softwa­re Li­vre América Latina, e do Comitê Gestor da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-BR), en­tre junho de 2003 e fevereiro de 2006, como representante da Sociedade Civil. http://www.­cic.unb.br/~rezende/sd.php

Direitos do Autor

Pedro A D Rezende, 2014: Este artigo é publicado no portal do autor sob a licença disponível em http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.5/br/